Aspirantes

  Dom Bosco disse: "O que somos é presente de Deus; no que nos transformamos é o nosso presente a Ele"

13 de out de 2011

Bem Aventurada

ALEXANDRINA MARIA DA COSTA, SALESIANA COOPERADORA (1904-1955)

Alexandrina Maria da Costa nasceu no dia 30 de março de 1904, em Balasar, Portugal. Foi educada cristãmente pela mãe, junto com a irmã Deolinda. Ficou com a família até os 7 anos, depois foi enviada para Póvoa do Varzim, na casa de um marceneiro, para poder frequentar a escola elementar que não havia em Balasar. Vol­tando à sua terra, trabalhou como camponesa. Era vivaz, brincalhona e afetuosa, muito procurada pelas colegas. Aos 14 anos pulou da janela de casa para salvar sua pureza insidiada pela paixão de algumas pessoas mal-intencionadas. Cinco anos mais tarde, a lesão provocada pela queda se transformou em paralisia total, que a obri­gou ao leito por mais de trinta anos. Cuidava dela sua irmã mais velha. Pediu a graça da cura, mas Nossa Senhora lhe concedeu a aceita­ção do sofrimento e o desejo de sofrer pela salvação das almas. O carisma salesiano de viver como vítima, que se desenvolveu com o padre André Beltrami, o padre Augusto Czartoryski, o padre Luís Variara c a Irmã Eusébia Palomino, inspirou Alexandrina. Ela se ofereceu como vítima a Cristo para a conversão dos pecadores e pela paz no mundo: "Não tenho outro objetivo que o de dar glória a Deus e salvar as almas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...