Aspirantes

  Dom Bosco disse: "O que somos é presente de Deus; no que nos transformamos é o nosso presente a Ele"

25 de fev de 2012

Luís Versiglia


Luís Versiglia nasceu em Oliva Gessi, na província de Pavía, Itália, no dia 5 de junho de 1873. Desde pequeno ajudava na missa. O povo ja o imaginava como padre, mas Luís não queria ouvir falar disso: o que ele queria mesmo era ser veterinário. Aos 12 anos foi recebido por Dom Bosco, que fascinou a ponto de mudar de ideia.
Ordenado sacerdote em 1895, durante dez anos foi mestre de noviços em Genzano de Roma.
Em 1906 chefiou a primeira expedição salesiana à China, realizando assim uma repetida profecia de Dom Bosco. Tendo fundado em Macau a "casa mãe" salesiana, abriu a missão de Shiuchow e, no dia 9 de janeiro de 1921, Pe. Versiglia foi consagrado bispo.
Sábio e incansável, verdadeiro pastor todo dedicado ao seu rebanho, deu ao Vicariato uma sólida estrutura com um seminário, casas de formação, várias residências, orfanato, asilo para idosos.
Demonstrando ser mais pai do que homem de autoridade, dava o exemplo do trabalho e da caridade, como Dom Bosco, era um exemplo de trabalho e temperança.
Entretanto, na China, a situação política tinha se tornado muito tensa, sobretudo para os cristãos e os missionários estrangeiros. Começaram as perseguições. No dia 13 de fevereiro de 1930, junto com Pe. Caravario, o bispo foi fazer a visita pastoral na missão de Linchow. No dia 25,um grupo de piratas bolchevistas parou a barca do bispo e tentou apoderar-se das moças. Os missionários se opuseram com todas as forças. Inútil. Começou o martírio: espancamento selvagem e morte por fuzilamento. Antes, D. Versiglia se confessou com o pe. Caravario. Em seguida, de joelhos, recebeu a descarga. Seu último respiro foi para as almas de sua amada China.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...