Aspirantes

  Dom Bosco disse: "O que somos é presente de Deus; no que nos transformamos é o nosso presente a Ele"

6 de ago de 2010

Princípios norteadores da AJS

Apresentação

A história da pastoral da juventude (PJ) na Igreja Católica apresenta modelos diferenciados de organização e de espiritualidade. Ela busca responder aos apelos de cada realidade e está sensível às motivações do Espírito em cada tempo e lugar.

A Articulação da Juventude Salesiana (AJS) é uma dessas formas. Possui características próprias, específicas, que a diferenciam de outros modelos que vigoram na Igreja do Brasil. Não é melhor nem pior do que outras.

A presença e o papel de assessores e coordenadores de grupo é vital para qualquer modelo de pastoral.

O subsídio AJS: princípios norteadores traz indicações que servirão para orientar a caminhada da AJS no Brasil, preservando e indicando o que é essencial e comum, incentivando a criatividade e autonomia de cada grupo.

Capítulo 1: A vida do grupo na vida do jovem

Pelo Sistema Preventivo, Dom Bosco abria uma perspectiva nova para a educação. A experiência associativa, vivida e incentivada na educação salesiana, é uma das intuições pedagógicas mais interessantes.

A educação se dá na relação, no diálogo, na presença, no encontro com o outro. O grupo é o lugar onde isso acontece.

Os jovens procuram o grupo para satisfazer a própria vontade de comunicação pessoal, a própria necessidade de autonomia e participação. Mesmo que não sejam grupos formais ou permanentes, eles existem como uma necessidade da etapa juvenil.

No grupo o jovem recupera o senso do próprio crescimento, amadurece a identidade pessoal, desenvolve a experiência cristã e eclesial.

Para Dom Bosco, “educa-se mais um jovem no pátio do que dentro da sala de aula”. O pátio é o lugar da espontaneidade, da liberdade, da alegria, da descontração, da informalidade, do encontro pessoal, da manifestação sem censura; mas é, sobretudo, o lugar do grupo.

Também para Maria Mazzarello a importância do grupo se manifesta desde as origens: “Petronilla, tenho uma idéia: que tal aprendermos a costurar para ajudar estas meninas de Mornese? Nosso objetivo é reuni-las, ensiná-las a costurar, mas, sobretudo, conhecer a Deus, torná-las boas e salvá-las de muitos perigos”.

O Sistema Preventivo requer um ambiente de relações fraternas, amigáveis; um espaço afetivo e efetivo de participação; um local onde o jovem possa crescer humana e cristãmente, numa experiência de encontro solidário, amigável, amoroso com outros jovens e com o educador.

O grupo constitui um lugar de crescimento, amadurecimento, formação e realização pessoal e comunitária porque cria laços profundos de fraternidade, onde cada um é reconhecido como pessoa e valorizado como tal. Permite ao jovem partilhar critérios, valores, visões e pontos de vista em relação a si, aos outros e ao mundo que o rodeia.

Na experiência grupal, alguns elementos educativos sobressaem:

· Conhecimento de si. O grupo é o primeiro degrau para o jovem chegar a ter uma aceitação positiva de si e a motivar-se na realização de ideais e projetos.

· Descoberta do valor do outro. No grupo o jovem compreende que não está sozinho e que seus desejos, sua liberdade, sua própria pessoa não são os únicos referenciais de sua vida.

· Incentivo ao protagonismo e exercício da liderança. Quando o grupo dá oportunidades, oferece ao jovem chances de tornar realidade seu desejo de participar; o jovem não só exercita suas qualidades de liderança, como também descobre e desenvolve aptidões até então adormecidas.

· Iniciação ao empenho social e político. No grupo o jovem tem a oportunidade de sonhar com um mundo diferente, mais justo e igualitário, de refletir sobre a gravidade dos problemas sociais, de mobilizar forças amigas para idealizar projetos em vista do bem social.

· Aprofundamento na experiência eclesial. O grupo é o lugar da comunhão e da partilha, o lugar do serviço, da doação e do encontro com o Senhor da Vida.

· Amadurecimento da decisão vocacional. A busca, a incerteza quanto ao futuro são situações típicas na vida do jovem. O grupo desempenha papel importante na descoberta e no amadurecimento vocacional do jovem.

FONTE: www.salesianos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...